Telefone

(27) 3134-0101

E-mail

contato@clubealvarescabral.com.br

Horário de funcionamento

Seg - Sab: 6h às 22h --- Dom 07 às 17h

Djwlyana e Nelson trazem no currículo histórias de muita dedicação, talento e superação pessoal.

Ela tem 15 anos de idade e já coleciona medalhas. Djwlyana Machado do Nascimento, começou a competir quando ainda tinha apenas 11. Mas, a relação com o esporte veio ainda antes disso. “O meu interesse pelo tiro com arco surgiu por meio do meu pai e dos meus irmão, que já praticavam o tiro com arco. Eles sempre me motivaram”.

O primeiro campeonato veio em 2017. “Foi um momento muito importante, onde aprendi bastante, apesar de ainda ser bem nova, na época”, lembrou.
E desde então, ela não parou mais. No currículo, duas provas da Escola Nacional, Campeã no Brasileiro de 2019 e também uma medalha de prata na Equipe Mista, também no Brasileiro do ano passado. Provas que contribuíram com o crescimento técnico e amadurecimento de Djwlyana.

Dedicada, ela viu o ritmo de treinos mudar esse ano, por conta da Pandemia provocada pela COVID 19. Se antes contava com uma área ampla, dentro da Universidade Federal do Espírito Santo pra atirar, hoje é num espaço pequeno e improvisado, em casa mesmo, que a jovem atleta repete os movimentos precisos em busca de mais uma conquista no podium. Desta vez, o Campeonato Brasileiro, que acontece no próximo dia 13 de dezembro, no Rio de Janeiro.

Djwlyana contou que vem trabalhando forte pra conquistar novos sonhos. Entre eles, garantir uma medalha no Pan Americano de 2021. “Eu participei da seletiva no final do mês de novembro, e conquistei uma vaga para o Pan Americano, no México”, conta animada e com o coração cheio de orgulho.

Nelson, atleta paralímpico, está em Goiânia e luta por um lugar no pódio.

Ao contrário de Djwlyana, a história de Nelson Santos Silva com o esporte, começou quando ele já era adulto. Tinha 37 anos. Há 3, vem dedicando grande parte do seu tempo para aprimorar suas técnicas e se preparar para as competições. O treino é forte: 7 dias por semana. A rotina que começa às 08h00 só termina às 11h30.

No Espírito Santo, já participou de 35 competições estaduais. Em nível Nacional, soma oito campeonatos. E medalha… É que não falta! São 38 ao todo, entre 1ª, 2ª e 3ª colocações.

E ele quer cada vez mais. Até o dia seis, desse mês, Nelson participa do Campeonato Brasileiro Paralímpico, em Goiânia. O evento é a principal competição Paralímpica do Tiro com Arco. Paralelo a ele acontece a Seletiva para o IV Para Panamericano que será realizado na cidade de Monterrey, no Mexico, em 2021.

 

A gente deseja boa sorte e muito sucesso para os nossos atletas!

Artigos recomendados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *